29 março 2016

Só mais um texto sobre você



Eu queria escrever alguma coisa bem bonita pra gente. Mas eu nem sei se você merece o tempo que eu tenho passado pensando em você. Você se tornou aquela história que meus amigos não querem mais escutar, você se tornou aquela conversa que se chama saudade, você se tornou  os conselhos que minha irmã nem quer mais dar, porque eu não segui nenhum: esquecer você, não ter recaídas, colocar um fim.
É difícil escrever sobre uma coisa que foi real, eu sempre fui melhor pra escrever sobre amores inventados. Mas ai tem você. E apareceu tanta gente na minha vida já, mas toda vez era o mesmo final: lá estava eu em pedaços. Quando você ficou -um velho amigo- foi como se eu finalmente encontrasse uma parte de mim, mas não. Aqui estou eu novamente como cacos de vidro espalhados pelo chão.
E a culpa nem foi nossa.
Sei lá o que aconteceu, mas já faz quatro meses e toda vez que é quinta eu sei que sexta eu não te vejo mais. Todos os dias têm sido intermináveis quintas. E já faz um mês desde a nossa última recaída, e dessa vez eu sinto que estamos tentando colocar de verdade um fim. Apesar dos amigos em comum, e das lembranças que ficam em vários lugares, apesar daquela noite que a gente jurava ser pra sempre, apesar de todos os nossos beijos e toda essa coisa que a gente constrói quando gosta de alguém. Aqui estamos nós, cada um no seu canto tentando começar uma vida diferente cheia de responsabilidades, trabalho de faculdade, rotina e pessoas novas.
Eu juro que sempre que eu entro naquele bar eu olho pra mesa que nos sentamos, eu sinto saudade. Talvez um dia eu passe por lá e me esqueça de lembrar nós dois.
E é tão estranho porque é como se tudo tivesse acontecendo pra nos separar, mesmo com nossas inúmeras tentativas de tentar nos ver pra conversar, pra devolver algumas coisa, pra dar seu presente que ficou aqui, a vida dá um giro como quem diz que já desperdiçamos nosso tempo.
Não sei se você  já me superou, se você excluiu as músicas que te fazem lembrar de mim, se você ainda pensa naquelas cenas que eu estou revirando os olhos por causa de alguma idiotice que você falou, ou da química que tínhamos quanto estávamos juntos. Mas eu sei que você está tentando esquecer tudo. Talvez em festas, por ai, ou ocupando a mente com alguma coisa, qualquer lugar  que era ocupado por mim.
Eu não tenho mais notícias suas, e eu já cansei de tentar fazer dar certo, de sentir esse aperto no peito toda vez que eu penso que foi por tão pouco. Das nossas conversas em que fingimos que está tudo bem, que nunca tivemos nada. Soa tudo tão falso. Eu me cansei de parecer a errada da história. Eu cansei dessas músicas de amor, de passar tanto tempo com seu nome na cabeça. E eu sei que você também se cansou.
Porque tudo que eu tenho agora é só mais um texto sobre você.

6 comentários:

  1. Me apaixonei pelo seu texto kk
    Ele tem aquele Q que torna o texto todo especial: tem sentimento e você soube transmitir isso
    parabéns :)

    ❥Blog:Gordices Literárias

    ResponderExcluir
  2. Uma vez eu vi uma tirinha que dizia uma verdade: no primeiro mês apôs o término, a garota costuma ficar na fossa e sentindo muita falta do ex enquanto ele tá saindo com os amigos, mas aí depois no segundo mês a situação se inverte. O relacionamento vai, mas o sentimento fica de alguma forma, seja em texto, música, presente e etc </3

    Beijos!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahhahah verdade isso! O bom é que resta alguma coisa e a fase ruim passa.
      Beijos <3

      Excluir
  3. não sei se e fictício, mas... eu realmente entendo isso de saudade.
    Não é legal pensar em alguém obsessivamente até o ponto de seus amigos não aguentarem mais. É uma agonia não poder ter quem se ama e só restarem as lembranças...

    beijo
    beinghellz.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, isso é muito ruim! Mas o melhor é que passa. Beijos <3

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...