20 janeiro 2014

Resenha: Colecionador de Lágrimas

Título: Colecionador de Lágrimas
Autor: Augusto Cury
Gênero: Ficção brasileira
Páginas: 376
Editora: Planeta
Estrelas: (4/5)
Sinopse:
 Um professor especialista em nazismo e II Guerra Mundial começa a ter insônias e pesadelos, como se estivesse vivendo as atrocidades ocorridas durante o Nazismo. Em um ponto de desatino, diz que os alunos são parceiros de Hitler. Sua intenção é provocar a sensibilidade e a curiosidade de seus alunos. Bem quisto por alguns, mas criticado e processado por outros, sua fama coloca os holofotes sobre ele, ainda mais quando um complô nazista parece persiguí-lo.




 O livro se passa em Londres, e começa quando Júlio Verne um professor de história especificado na área da Segunda Guerra Mundial começa a ter pesadelos aterrorizantes sobre o holocausto como se estivesse o vivenciando, mas o verdadeiro problema é que os pesadelos começam a invadir sua realidade causando muitos transtornos a vida do professor e a quem está ao seu redor. Ao mesmo tempo em que a vida pessoal de Júlio fica uma desordem a vida profissional dele está triunfante, o professor já desvairado com seus pesadelos mostra toda a sua indignação com a guerra através de suas aulas, despertando o interesse de muitos alunos e provocando a ira de outros, no entanto o que deixa Júlio célebre também o prejudica.
O livro tem uma visão critica excelente não só sobre a Segunda Guerra Mundial, mas sobre a humanidade. O autor Augusto Cury que também é médico, psiquiatra e psicoterapeuta, desvenda a mente do maior ditador de todos os tempos, Adolf Hitler. No decorrer da leitura você descobre muito sobre a vida de Hitler, sobre sua infância, seus pais, sobre como ele chegou ao poder e no que tudo isso influencia em suas atitudes futuras. Eu fiquei surpreendida com o tanto que aprendi, o livro nos proporciona questionar a mente do ser humano, perguntarmos como mentes doentias podem acabar com vidas por causa do preconceito e do ódio? Como é possível que um homem e toda uma sociedade maluca puderam levar o mundo a destruição? Todas essas perguntas nos fazem refletir sobre o holocausto de uma maneira que a reflexão se volta para nós mesmos. 
Como o livro se trata de um assunto bem complexo, a leitura exige que você saiba pelo menos o básico do que foi o holocausto. Indico o livro, principalmente, para quem está estudando esse tema, porque irá acrescentar muito na aprendizagem. Confesso que fiquei com vontade de voltar nas aulas de história da oitava série e ter lido o livro naquela época, porque com certeza as aulas seriam bem mais produtivas.
A história é muito instigante e te prende até a última página. O mistério do porquê os pesadelos de Júlio estarem dominando a vida dele é que não me agradou, não aguardava que o livro também envolvesse ficção cientifica e talvez isso seja uma das coisas que tenha me frustrado na leitura. Não esperava também que o livro tivesse sequência, não havia lido resenhas antes de lê-lo então quando chegou no final fiquei um pouco decepcionada. Porém nada disso altera a qualidade do livro, que é muito bem escrito e nos faz rever conceitos sobre o que foi o nazismo, como é o psíquico do ser humano e contribui para a visão critica sobre o mundo.








26 comentários:

  1. Oie não sei pq mas não sou fã dele e nem dos livros dele! kkkk
    Prefiro ainda um bom romance sobrenatural!
    bjs, comenta nesse post que ajudaria muito http://resenhasteen.blogspot.com.br/2014/01/autor-nacional.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não abro mão de um bom romance sobrenatural, mas livros mais realistas são ótimos, e nos ajuda bastante! Mas gosto é gosto né? kkkk
      Obrigada pelo comentário! Volte sempre ><

      Excluir
  2. adorei a resenha, parece ser bom o livro!
    tenha uma ótima noite *-*

    http://www.querodemorango.com/

    ResponderExcluir
  3. Adooooro esses livros que nos surpreendem e nos fazem refletir, que mudam nossa forma de pensar. Esse parece ser muito bom e muito bem escrito, vou adicionar ao skoob e tentar ler o mais rápido possível!

    Beijos
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário! Espero que você goste do livro ><
      Beijos!

      Excluir
  4. Oláaaá!
    Do Augusto Cury eu só li O Futuro da Humanidade que é muito bom!
    Obrigada pela visita e pelo comentário.
    Volte sempre <3
    www.espinhapunk.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse é o primeiro livro que eu leio dele, mas espero ler esse qualquer dia!
      Obrigada por comentar, volte sempre <3

      Excluir
  5. Eu gosto de livros que tratem sobre esse tema, especialmente quando tem romance.
    O colecionador de lágrimas parece ser um livro legal, porém não chamou atenção e nem me deixou com vontade lê-lo, achei um pouco sem nexo, e, também, não vejo necessidade de uma continuação.
    Gostei da sua resenha. :D

    Beijos,
    Gabriella Suzart
    http://mbgsuzart1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro também tem um pouco de romance, o personagem principal, Júlio, é casado e muito apaixonado por sua mulher <3 Na verdade, o lviro tem muito nexo, aliás como se trata de um tema real, foram feitas muitas pesquisas e tudo no livro tem as referencias publicadas ;D E no final, você entende porque o livro precisa de uma continuação!
      Obrigada pelo comentário, volte sempre!

      Excluir
  6. Ótimo post!!!!!
    Amei conhecer o blog maravilhoso!
    http://meumundorosapynk.blogspot.com.br/
    Beijocas

    ResponderExcluir
  7. Adorei a resenha :)
    BJS
    www.byhoradoblush.com.br
    Instagram:@belamatuliones

    ResponderExcluir
  8. Ah, o nome do personagem é Júlio Verne ? Um dos meus escritores preferidos. Eu não sou muito fã de auto-ajuda, por isso nunca gostei muito do Augusto Cury, mas não sabia que ele também tinha escrito ficção.♥

    PiinkCookie.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No próprio livro ele cita que seu nome foi inspirado no escritor favorito dos pais :)
      Eu nunca li nada do Augusto Cury sem ser esse livro, então não sei como são seus livros de auto-ajuda, mas esse é muito bom!
      Obrigada pelo comentário, bjs.

      Excluir
  9. Foi o primeiro livro que li esse ano o/ e simplesmente amei, ja sabia que tinha continuação, pq o exemplar que li era do meu namorado, e ele meio que faz coleção dos livros do Augusto, é fã sabe... kkkk Dai ele ja comprou a sequencia... Ainda nem tirou do plástico, acho que vou ter que chantagear pra ele poder tirar e me emprestar logo o/
    acervo-de-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já saiu a sequencia? :o Eu pesquisei e não vi nada sobre o segundo livro! Faça chantagem porque vai valer a pena kkkk
      Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  10. Adorei, parece muito bom..

    Mil beijus..
    www.nossomosmoda.com

    ResponderExcluir
  11. Nunca li livros desse tipo, esse me interessou bastante. Sua resenha ta maravilhosa, me deu vontade de ler esse livro agora.
    Bjos! Adoro o blog de vocês

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo seu comentário, me deixou feliz!
      Beijos.

      Excluir
  12. já li um livro do cury, mas é aquele nunca desista dos seu sonhos, e eu não engulo auto-ajuda. minha mãe já leu algum livro dele, aquele vendedor de sonhos, e disse que é chato porque ele coloca os negócios de psicologia dele em tudo. como não vou ler mesmo, me diz uma coisa, pro favor: ele também pensa que hitler tinha transtornos psicológicos? ele aponta algum?
    adoro iiww, mas, realmente, cury não rola.
    beijos, E.
    http://apenasmaisumaxicaradecafe.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca li os livros de auto-ajuda do autor, não conhecia muito sobre ele antes de ler esse livro, mas por julgar pelo Colecionador de Lágrimas, Cury é um grande escritor de ficção também e não deveria ser reconhecido só pelos livros de auto-ajuda, mas respeito sua opinião.
      Sim, na verdade o livro mostra bastante sobre a vida de Hitler, e o autor já que é médico, usa suas habilidades com "a mente humana" para esclarecer o que levou um homem a fazer o que fez. No decorrer do livro, fica bem claro a mente complexa que Hitler tinha, e Cury aponta várias contradições do ditador que mostram sua psique transtornada.
      Espero ter respondido sua dúvida, obrigada pelo comentário!
      Volte sempre.

      Excluir
  13. Oi adorei.. muito obrigado, amei a maneira que vc usou para descrever essa resenha...me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda
    www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Juliano, nunca li, mas já me interessei. Obrigada pela indicação! Irei procurar sobre...
      Obrigada pelo comentário, volte sempre :)

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...